+55 11 5573-9539 contato@hiperidrose.com.br

Pós-operatório

Ao término do procedimento, o paciente é encaminhado a sala de recuperação, onde permanece de 30 a 60 minutos. Após a alta da recuperação anestésica, o paciente vai para o leito. No seu quarto, recebe analgésicos e anti-inflamatórios por via endovenosa. Logo que possível inicia-se a fisioterapia respiratória. Estimula-se o paciente a levantar-se e andar no quarto, ir ao banheiro ou mesmo andar pelo corredor. A dor é controlada com medicação analgésica comum.

O paciente é orientado para exercícios respiratórios inspiração profunda e sustentada com a fisioterapeuta. Frequentemente utiliza-se espirometria de incentivo.

medico_pacienteNa ausência de complicações, o paciente geralmente recebe alta no dia seguinte à operação. É possível receber alta hospitalar no mesmo dia da operação, mas não é a rotina preferencial. O paciente recebe alta com instruções por escrito, prescrição de analgésicos e anti-inflamatórios por uma semana.

A maior parte dos pacientes opta por retornar a suas atividades entre 2-4 dias. A limitação é a dor; se o paciente estiver com pouca dor, pode retomar sua vida mais precocemente. Temos observado que a dor varia muito de paciente para paciente. Alguns detalhes técnicos também parecem ter influência na dor pós operatória.

Em casos onde existam aderências pleurais (o que pode ocorre em função de doenças anteriores que comprometeram a pleura) pode ser necessária a utilização de um dreno pleural, que na maior parte dos casos pode ser retirado após 24hs.

As cicatrizes são muito pequenas, quase imperceptíveis e não há pontos na pele para serem retirados.